Gazeta Uigense
Gazeta Uigense

Gazeta Uigense

João Lutonadio da Bragança

Jornalista e Redator do Diário regional Gazeta Uigense 

gazetauigense@gmail.com

O Presidente angolano, João Lourenço, considerou hoje, "no mínimo, chocante e repugnante" o relatório sobre os investimentos privados realizados com recurso a "avultados fundos públicos", que dá conta da perda de 4.700 milhões de dólares (4.100 milhões de euros).

O Presidente da República, João Lourenço, chegou nesta quinta-feira (14) a província de Benguela, para a abertura do Ano Judicial 2019.

O novo secretário provincial executivo da CASA- CE em Benguela, Zeferino Cuvíngua, informou que a sua direção já acionou o Comando Provincial da Polícia Nacional para ajudar na recuperação dos meios que diz serem pertença da coligação e que, até ao momento, se encontram na posse do antigo dirigente independente, Francisco Viena.

O Estado angolano foi lesado em mais de USD 4,7 mil milhões, decorrente de investimentos privados feitos com fundos públicos, de acordo com o comunicado final da sessão extraordinária do Conselho de Ministros, realizada nesta quarta-feira, em Luanda, sob orientação do Presidente da República, João Lourenço.

A polícia angolana condenou hoje a atitude de um dos seus agentes, já detido, por disparar mortalmente sobre uma `zungueira`, vendedora ambulante, em Luanda, assumindo "excesso do uso da força" e garantindo que será responsabilizado "disciplinar e criminalmente".

A UNITA, maior partido da oposição de Angola, considerou, hoje que 53 anos após a fundação, os objetivos continuam válidos, face à necessidade urgente de "mudanças políticas profundas para a dignificação dos angolanos".

O departamento de Estado norte-americano aponta a corrupção como um dos problemas de direitos humanos em Angola, apesar dos passos significativos que reconhece ao Governo para acabar com a impunidade na administração pública.

Pelo menos dez pessoas, incluindo cinco crianças, morreram num tiroteio numa escola em Suzano, região metropolitana de São Paulo, Brasil, que acabou com o suicídio dos dois atiradores, disseram fontes oficiais.

Um relatório do Departamento de Estado dos Estados Unidos, equivalente ao Ministério dos Negócios Estrangeiros nos países europeus, aponta hoje que em as autoridades civis angolanas “mantêm na generalidade um controlo efectivo sobre as forças de segurança”, mas o país continua a enfrentar “ “problemas” quanto ao respeito aos direitos humanos.

A operadora de telecomunicações Unitel, liderada por Isabel dos Santos, tornou-se na primeira empresa angolana a integrar a lista de Parceiros do Fórum Económico Mundial (WEF, sigla em inglês), anunciou hoje esta instituição que fomenta o desenvolvimento económico.