Politica

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou Isaías Jaime Vilinga do cargo de embaixador extraordinário e plenipotenciário da República de Angola no Reino da Suécia, sendo substituído por Apolinário Jorge Correia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros negou hoje que o Governo tenha recebido um protesto diplomático de Angola na sequência dos incidentes ocorridos no passado domingo no Bairro da Jamaica

As Forças Armadas Angolanas (FAA) vão dar prioridade à formação e reequipamento da Força Aérea Nacional (FAN), tendo em vista a progressiva modernização, afirmou hoje o chefe do Estado-Maior General de Angola.

O novo Código do Processo Penal (CCP) angolano vai ser aprovado quarta-feira pelo Parlamento, onde demorou dez anos a consensualizar e outros 133 para alterar leis e procedimentos que datam de 1886, do tempo da administração colonial portuguesa.

O presidente da coligação angolana CASA-CE, Abel Chivukuvuku, instaurou um processo-crime por difamação a dois jornalistas da “Rádio Despertar”, foi esta segunda-feira anunciado.

O Presidente angolano, João Lourenço, solicitou hoje ao corpo diplomático acreditado em Luanda que ajude o país a divulgar a imagem da "nova Angola" que, disse, é "mais aberta e recetiva ao investimento privado".

O Presidente angolano considerou hoje "injusta e perigosa" a atual situação na República Centro- Africana (RCA), cujo Governo está impedido pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas de equipar o exército para fazer face às investidas rebeldes.

A definição da estratégia para as eleições autárquicas de 2020 e a consagração da memória do líder histórico Jonas Savimbi, morto em 2002 em combate, são duas das prioridades da UNITA para 2019, indicou o líder do partido.

O Estado angolano vai investir 128,1 milhões de dólares (111,6 milhões de euros) na construção de um novo complexo hospitalar, para as Forças Armadas Angolanas, obra aprovada por despacho do Presidente da República, João Lourenço, a que a Lusa teve esta segunda-feira acesso.