×

Atenção

Erro ao carregar arquivo XML

Cada grupo carnavalesco de Luanda recebe subsídio de 1.500.000 kwanzas de participação

Os grupos carnavalescos da capital do país começaram a receber, na semana passada, os subsídios de participação do Carnaval 2019, a realizar nos dias 2, 3 e 5 de Março, na Marginal da Praia do Bispo, avançou, ontem, em Luanda, o secretário-geral da Associação Provincial do Carnaval de Luanda (Aprocal).

Em declarações ao Jornal de Angola, António de Oliveira “Delon” disse que foram alocados 50 milhões de kwanzas, enquanto 20 milhões estão destinados para a premiação e outros serviços técnicos.

António de Oliveira “Delon” disse que, para os grupos da classe A, a comissão preparatória disponibilizou um subsídio de 1.500.000 kwanzas para cada. Os da classe B recebem 1.100.000 kwanzas, enquanto os da infantil têm direito a 800.000 kwanzas, sendo o único constrangimento o facto de alguns grupos não terem uma conta bancária actualizada.

O vencedor da classe A, de acordo com o regulamento tem direito a 3.000.000 kwanzas, o segundo classificado 2.000.000, enquanto para o terceiro o valor é de 1.200.000. 

Na classe B, o primeiro classificado é contemplado com 1.500.000 kwanzas, o segundo com 1.000.000 e o terceiro recebe 600.000. Na categoria infantil, o primeiro classificado recebe 1.000.000 de kwanzas, o segundo a quantia de 700.000 e o terceiro classificado recebe 500.000 kwanzas. Os cinco primeiros classificados das três classes são premiados com valores monetários e certificados de participação.

O secretário-geral da Aprocal explicou que, neste momento, 90 por cento dos grupos de Luanda já receberam os respectivos subsídios de participação, estando concluída a fase de gravações das canções dos grupos. “É um processo que está a decorrer na normalidade, embora reconheçamos os atrasos na entrega dos valores aos grupos.”

A presente edição do Entrudo conta com a participação de 43 agremiações, sendo 15 na classe infantil, dez na B e 18 grupos na A.

De acordo com a reunião técnica multi-sectorial realizada na terça-feira, no palco da Nova Marginal da Praia do Bispo, ficou esclarecido que cada grupo terá 25 minutos de desfile, numa pista de 400 metros de comprimento e 12 de largura. O União Povo da Samba vai abrir o desfile da classe A marcado para o dia 5 de Março, enquanto na classe B cabe ao União Unidos do Zango ser o primeiro a passar na pista. Já na classe infantil, a primazia cabe ao Cassules Kazukuta do Sambizanga.

Desfile custa 70 milhões 

Um total de 70 milhões de kwanzas é o valor global a ser utilizado pela Comissão Provincial do Carnaval de Luanda com subsídios, prémios e montagem de infra-estruturas. O músico José Moreno Fernandes “Zeca Moreno” preside ao júri da classe A e é integrado por Manuel Vieira Dias “Maneco”, Nelson Augusto, Ilda Maria da Costa, Lito Graça, Mito Gaspar, Kayaya Júnior, Dina Simão, Elizabeth Santos, Jorge Gumbe, Masongi Afonso, Francisco Van-Dúnen “Van”, Armando Rosa, Manuel Claudino da Silva, Carla Esmeralda Rodrigues, António Gonga, António Feliciano Dias dos Santos “Kidá”, Manuel Ventura, Jimmy Rufino, Domingos Cristo e Manuel Teixeira. Na classe B, o júri tem como presidente Adriano Mixinge e é integrado por Pedro Vieira Dias “Pectu”, Inocêncio de Oliveira, Albino Carlos, An-tero Ekuikui, Maya Cool, Fi-neza Teta, Guilherme Mam-

puya, Luís Maurício Pimentel, Felisberto Cassua, Roberto Figueira, Álvaro Macieira, Vemba Amândio, Josefa Manzaila, Silvestre Manuel “Leroy” e Liliana Nzinga.

O júri da classe infantil é presidido pelo radialista Joaquim Freitas “Tio Kim” e é integrado por Lisete Rodrigues, Virgílio Santos, Helga Santos, Sany Diamante, Tucayana Costa, Sozinho Lopes, Osvaldo Ferreira, Don Sebas Cassule, Isabel Manuel, Osvaldo Moreira “Léu”, Pedro Lino Pombal, Fernando Nunes, António Coelho e Joaquim Costa.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Quinta, 21 Fevereiro 2019 10:04
.
.
.