×

Atenção

Erro ao carregar arquivo XML

Gazeta Uigense

Gazeta Uigense

João Lutonadio da Bragança

Jornalista e Redator do Diário regional Gazeta Uigense 

gazetauigense@gmail.com

Ana Gomes diz ter provas de que Isabel dos Santos usa o EuroBic para lavar dinheiro e convida Teixeira dos Santos a consultar o seu site. Fala sobre estes casos para "picar os reguladores" a atuarem.

O navio-sonda “Sonangol Quenguela”, da petrolífera estatal angolana, está retido na Malásia por ter ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou a Guarda Costeira malaia.

A Administração Geral Tributária (AGT) angolana admitiu hoje regulamentar o "tax free", previsto no código do IVA, dentro de dois anos, referindo que vai iniciar um estudo com técnicos do banco central para aferir o "comportamento das divisas".

Activistas angolanos agredidos e detidos pela Polícia Nacional (PN) na terça-feira, 15, quando o Presidente João Lourenço apresentava o seu discurso sobre o estado da nação no parlamento, vão apresentar na quinta-feira uma queixa formal contra os agentes envolvidos.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou hoje que o custo de servir a dívida pública financiada por bancos comerciais em países como Angola vai "subir significativamente" nos próximos anos, não apresentando números para o país.

A polícia angolana abriu um inquérito sobre alegadas agressões de agentes policiais durante um protesto que se realizou na terça-feira e adiantou que os 28 manifestantes detidos já foram libertados, disse hoje à Lusa o porta-voz do Comando Provincial de Luanda.

A primeira mulher a ocupar o cargo de ministra das Finanças em Angola, Vera Daves, é descrita como “muito disciplinada, técnica bem preparada e competente”. No último congresso extraordinário do MPLA passou a integrar o Bureau Político do partido no Poder.

O Presidente da República angolano, João Lourenço, anunciou hoje que já foram criados mais de 161 mil empregos desde o início do seu mandato, cerca de um terço dos 500 mil que prometeu na campanha eleitoral.

O Presidente da República, João Lourenço, reconheceu hoje, no seu discurso sobre o Estado da Nação, que, apesar do seu empenho, nos dois anos iniciais do seu mandato, ainda há muito para fazer para satisfazer as necessidades da população.

A Amnistia Internacional (AI) denunciou hoje o desvio de terras para a pecuária comercial no sul de Angola, pedindo ao Governo uma investigação sobre a retirada de terrenos às comunidades locais, que estão ameaçadas pela fome.

+ Lidos

Error: No articles to display

Previsão do Tempo

Uige