Gazeta Uigense - Gazeta Uigense
Gazeta Uigense

Gazeta Uigense

João Lutonadio da Bragança

Jornalista e Redator do Diário regional Gazeta Uigense 

gazetauigense@gmail.com

O advogado e ativista de Cabinda Arão Tempo criticou hoje a manutenção da repressão no enclave, afirmando que, se o povo angolano continua a viver em crise, o do território vive "num inferno".

A explosão de uma mina provocou ferimentos a nove crianças, na província do Bié, centro de Angola, o segundo caso do género que ocorre numa semana, informou hoje fonte sanitária local.

O Presidente angolano exonerou hoje os dois diretores-gerais adjuntos do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (Sinse), reconduzindo, porém, um deles, indica um despacho presidencial divulgado pela Casa Civil de João Lourenço.

A Polícia angolana confirmou hoje a detenção de "alguns dos grevistas" do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL), sem avançar números, que serão submetidos a julgamento sumário.

Em chá, ampolas ou cápsulas, a venda do produto é proibida pela União Europeia com efeitos a partir de 14 de maio.

A UNITA, maior força política da oposição em Angola, considerou hoje que as declarações da deputada do MPLA 'Tchizé' dos Santos, que defendeu a destituição do Presidente angolano, são "indicadores do processo de declínio" do partido no poder.

O Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) reconhece o direito à greve dos seus trabalhadores, mas exige que seja respeitado o "direito de quem queira trabalhar", disse hoje à agência Lusa o porta-voz da empresa.

O activista Hitler Samussuku foi posto em liberdade nesta segunda-feira, 13, ao fim de quatro horas de interrogatórios no Serviço de Investigação Criminal (SIC), num processo, ainda em fase de investigação, no qual é acusado de ultraje ao Presidente da República.

Trabalhadores grevistas do Caminho-de-Ferro de Luanda denunciaram hoje o ferimento de pelo menos 12 colegas e a detenção de outros três numa intervenção da polícia para garantir os serviços mínimos da circulação de comboios.

A paróquia de Nossa Senhora da Fátima, em Luanda, foi assaltada durante a madrugada de hoje, por marginais que arrombaram os cofres e destruíram objectos sagrados da Igreja.