×

Atenção

Erro ao carregar arquivo XML

Governo vai construir aterro sanitário no município do Uíge

O governo do Uíge vai construir um aterro sanitário no município sede da província, à cerca de 12 quilómetros à Norte da cidade, com inicio das obras previstas para este ano, a fim de evitar a poluição das águas consumida pela população e o ambiente, anunciou sexta-feira, uma fonte governamental.

 De acordo com o director do Gabinete Provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviço Comunitários, Félix Gomes Afonso, que falava na palestra sobre o Dia Mundial de Água, 22 de Março, a construção do aterro naquela região irá facilitar o armazenamento e reciclagem de resíduos sólidos.

Para o responsável, “o lixo tem sido a maior causa de poluição das águas e, por isso, o Gabinete Provincial do Ambiente, para saudar a data, achou conveniente promover” o encontro para esclarecer melhor à população sobre as medidas de prevenção com a água e o meio.

Para este ano, disse, além da construção do aterro, o Governo vai adquirir também 500 contentores, cujas fornecedoras foram já contactadas, para melhor tratamento dos resíduos produzidos na cidade do Uíge, estando igualmente em curso contactos  para se contratar outras empresas de recolha de lixo através de concurso público.

Entretanto, lamentou o comportamento dos munícipes que preferem continuar a colocar o lixo no chão, deitar águas sujas na via pública, queimar os contentores plásticos e outros actos, tendo exortado para a mudança de atitudes por parte dos populares.

Riscos das águas residuais, função da água e ecológica de lazer, águas fluviais, recursos hídricos e chuvas, medidas de protecção, equilíbrio Homem ambiente, poluição dos rios, lagos e lagos, entre outras matérias foram abordadas na palestra.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Domingo, 31 Março 2019 13:39
.
.
.