Print this page

Mirempt atribui 35 licenças na província do Uíge para exploração de diamante

O Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos (Mirempt) atribuiu nesta terça-feira 35 licenças a pequenas empresas e cooperativas industriais para a exploração de diamantes na província do Uíge.

Na cerimónia, orientada pelo director Nacional dos Recursos Minerais, André Buta e testemunhada pela vice-governadora para área Político, Social e Económico, Catarina Pedro Domingos, oito empresas receberam simbolicamente os seus títulos de exploração.

O director apelou às empresas seleccionadas a seguirem as normas da lei para evitarem penalizações que podem levar ao cancelamento das licenças, sobretudo para aquelas empresas antes impedidas de operar no quadro da Operação Transparência.

Aconselhou a não se fazer o trespasse das licenças.

Cada licenciado deve garantir a criação de 30 postos de trabalho e vender a produção à Sodiama.

Na ocasião, o industrial Matondo Lima, em representação da classe, prometeu o cumprimento das regras nesta nova fase de intervenção no sector, depois da Operação Resgate e Transparência, que na província do Uíge, encerrou 17 cooperativas semi-artesanais.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Quinta, 01 Agosto 2019 22:02

Related items

.
.
.