×

Atenção

Erro ao carregar arquivo XML

Polícia desmantela grupo denominado "malfeitores"

O grupo de marginais conhecido por "malfeitores", suspeito de fazerem assaltos a mão armada nos estabelecimentos comerciais, residências e instituições públicas no Púri (Uíge), foi desmantelado e apresentado hoje, segunda-feira, à imprensa pela Polícia Nacional.

Segundo o porta-voz da polícia no Uíge, Daniel Francisco Matias, integra o grupo 11 elementos apreendidos nos dias sete e oito de Agosto, tendo sido encontrados com diversos bens, como computadores, cartões de recarga da Unitel e da Zap, botijas de gás butano, colchões e droga do tipo liamba.

O director do Gabinete da Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do MININT anunciou que, entre às vítimas dos “malfeitores”, está à casa do director municipal da educação, à repartição da educação no Púri, a farmácia Quito Médical e outros estabelecimentos.

Diante dos roubos, práticados sobretudo as noites, disse, neste momento os marginais encontram-se detidos no Comando Municipal do Negage, à 51 quilómetros do Púri, por formas a se investigar os crimes cometidos a fim de serem esclarecidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

De acordo com Daniel Francisco Matias, o Púri é um dos municípios da província do Uíge “mais tranquilo em termos de criminalidade e roubos mas, desta vez, foi perturbado com uma onda de assaltos”, acrescentou.

Entretanto, apesar da situação, “à população daquele município, localizado a cerca de 88 quilómetros da capital provincial está segura, porque os órgãos da Polícia Nacional continuam a trabalhar para a manutenção da ordem e tranquilidade na região”, assegurou o oficial porta-voz.

Rate this item
(0 votes)
Last modified on Terça, 13 Agosto 2019 00:51
.
.
.