Apenas 37 por cento das receitas arrecadadas com a comercialização do petróleo são canalizadas aos cofres do Estado angolano, 41 por cento servem para recuperação dos investimentos e 22 por cento constitui o lucro das companhias petrolíferas, esclareceu hoje o técnico da Administração Geral Tributária (AGT), Patrício Quingongo.

A empresa angolana detém, atualmente, 25% na Unitel, prestadora de serviços de telecomunicações.

O Tribunal de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional em Paris diz não ter competência para julgar a acção arbitral apresentada pela Atlantic Ventures SA contra o Estado angolano, pelo facto desta empresa nunca ter celebrado nenhum contrato de concessão para construção e exploração do Porto da Barra do Dande.

A consultora FocusEconomics voltou a descer a previsão económica de Angola, colocando o país a fechar 2018 com uma recessão de 0,4%, um resultado apoiado na diminuição do preço do crude e na desvalorização do kwanza angolano.

A petrolífera angolana Sonangol apresenta hoje em Luanda o "Programa de Regeneração" da empresa, precisamente três meses após o Presidente angolano, João Lourenço, ter aprovado a reestruturação para a ajustar à nova organização do sector dos petróleos em Angola.

O presidente da Comissão Executiva da TAAG, Rui Carreira, rejeitou hoje a entrada da companhia aérea Emirates no capital da transportadores aérea angolana, vincando que a experiência de gestão da companhia angolana pela Emirates "é para não repetir".

A moeda angolana desvaloriza-se hoje para novos mínimos históricos, ao ser transacionada a 354,111 kwanzas/euro e 309,866 kwanzas/dólar, indicam dados do Banco Nacional de Angola (BNA).

Os diamantes geraram 264 milhões de dólares (231,7 milhões de euros) em receitas para Angola no terceiro trimestre deste ano, registando, contudo, uma diminuição em 52,5 milhões de dólares (46 milhões de euros) comparativamente ao período homólogo.

Página 1 de 44